Construindo edifícios mais inteligentes: o que aprendemos nos últimos 10 anos

Estamos em uma era de ouro da construção de edifícios. A integração de dados entre os sistemas de construção possibilita a concepção de um edifício mais inteligente e mais gratificante para trabalhar e viver.
Construindo edifícios mais inteligentes: o que aprendemos nos últimos 10 anos
Like

Share this post

Choose a social network to share with.

This is a representation of how your post may appear on social media. The actual post will vary between social networks

Na última década, os avanços tecnológicos e uma ênfase crescente nas experiências humanas influenciaram muito a maneira como os edifícios são projetados, construídos e gerenciados. 

Emmanuel Daniel, CEO e fundador da Alosanar, concorda. 

Falando na Integrated Systems Europe (ISE) 2024, Daniel discutiu todos os aspectos dos edifícios inteligentes, explicando aos participantes como diferentes sistemas de construção - como ar condicionado, iluminação, alarmes e segurança - são integrados em uma única infraestrutura de rede gerenciada por um sistema de computador.

 

Edifícios inteligentes: Envolvimento e capacitação

Os edifícios modernos são projetados para capacitar não apenas os próprios habitantes (temporários ou permanentes), como costumávamos ver no passado, mas também seus amigos e familiares, para permitir que eles se envolvam emocionalmente e criem experiências significativas e incríveis em espaços comunitários. Em nível empresarial, um projeto de construção agora inclui influenciar as partes interessadas dos habitantes, proporcionando-lhes o ambiente e os recursos de que precisam para serem mais eficientes e produtivos. 

Isso pode incluir configurações flexíveis de espaço de trabalho e interfaces interativas, permitindo que os inquilinos acessem efetivamente os serviços e recursos do edifício.

 

Personalização e customização

A pesquisa e a análise do usuário são essenciais para entender os dados demográficos, os comportamentos, as preferências e os pontos problemáticos dos possíveis ocupantes do edifício. Isso envolve a análise de dados para entender seus estilos de vida, hábitos de trabalho e expectativas em relação ao ambiente construído. 

Com base nos resultados dos estudos de usuários, o desenvolvimento de perfis ajudaria a representar os diferentes segmentos do público-alvo do edifício. Cada perfil deve conter as principais características, objetivos, motivações e desafios dos habitantes que representa. Isso ajudou as partes interessadas a compreender as diversas necessidades dos usuários do edifício e a adaptar as soluções de design de acordo com elas. 

Daniel explica que a próxima etapa é mapear a jornada típica do usuário para cada perfil, que é um método que pode ser usado para detalhar suas interações e experiências durante sua permanência no edifício. Ao identificar os pontos de contato, os pontos problemáticos e as oportunidades de melhoria, os gerentes de edifícios podem ajudar a aumentar a satisfação e o envolvimento do usuário em cada etapa da jornada, à medida que ele vivencia o edifício em seu dia a dia.

 

Tomada de decisão orientada por dados

De acordo com Daniel, os dados são essenciais para otimizar o desempenho do edifício e melhorar a experiência do ocupante. Os dados sobre pessoas, atividades e instalações devem ser o foco de atenção para melhorar as experiências em qualquer projeto de construção. 

Os edifícios inteligentes aproveitam a análise de dados e as tecnologias de IoT para personalizar as experiências dos ocupantes com base em suas preferências e comportamentos. Agora não se trata apenas de escolher o melhor sistema ou tecnologia; como eles podem orquestrar todos esses dados em todos os sistemas? Também se trata de como a IA influenciará a maneira pela qual o projeto do edifício se relaciona melhor com os habitantes. 

Na última década, houve avanços notáveis para tornar os edifícios mais inteligentes, mais eficientes e sustentáveis. À medida que a tecnologia continua a evoluir, o futuro reserva possibilidades ainda mais interessantes para a criação de edifícios inteligentes, mas também resilientes, significativos e ambientalmente responsáveis.

 

 

Please sign in

If you are a registered user on AVIXA Xchange, please sign in

Go to the profile of Md sadek Hossain
6 months ago

Road traffic next to houses/buildings Mechanical noise Bird sounds Earth tremors Invent sources of survival